sexta-feira, 7 de abril de 2017

Ausência.

Em Janeiro ainda em exames e cheio de trabalho... eis que o que menos esperava aconteceu.
Uma pessoa que me era muito querida tirou a sua própria vida.
A surpresa e o choque não me podiam ter atingido mais fundo. Não consegui pensar nem desabafar da melhor maneira como agora o sou capaz. Mas acho que se começo a pensar demasiado nisso acho que vou abaixo.
Raiva. Pena. Angústia. Desgosto. Podia ficar aqui horas a tentar descrever o que senti e ainda hoje sinto.
No fim só tenho que tentar respeitar a tua decisão e o ar tranquilo como te vi pela última vez.

I will miss you P.C.B.


Um dia irei fazer memória ao que me deixaste enquanto pessoa e me transmitiste. Mas hoje ainda não é o dia. Ainda é demasiado cedo para te conseguir fazer justiça com meras palavras.


Sem comentários:

Enviar um comentário